O Humano Mais Humano e A Inteligência Artificial

A inteligência artificial através de algoritmos complexos, que processam muitas informações em poucos segundos, tenta simular o comportamento e pensamento humano para resolver problemas e executar ações de maneira otimizada.

Sendo assim, ao “aprender” a ser humano o que I.A nos “ensina” sobre a vida?

humano-mais-humano.jpg

Brian Christian através de sua experiência no Prêmio Loebner, que evolui o famoso Teste de Turing, fez um estudo que analisa ciências, artes, linguagens, xadrez e interações humanas para responder a pergunta: o que nos diferencia das máquinas?

O livro O Humano Mais Humano é resultado dessa interessante pesquisa e título simbólico dado ao jurado que mais se distinguiu de um computador ao “conversar” com estes no prêmio. A máquina que engana mais jurados é consagrada como O Computador Mais Humano.

A perspectiva científica sobre que tipos de comportamento humano são imitáveis nos traz vislumbres fascinantes do modo como conduzimos nossa vida de seres humanos.” – Brian Christian

Computadores Humanos e a Matemática Digital

Antes que “computador” fosse um dispositivo de processamento digital que hoje cabe no nosso bolso, o termo designava uma profissão. A maioria eram matemáticas que utilizavam calculadoras rudimentares em cálculos complexos para empresas de engenharia, universidades e estatais espaciais. As computadoras.

Papel fundamental bem representado no filme Estrelas Além do Tempo que relata o trabalho feminino nas descobertas científicas que levaram o “homem” ao espaço.

O autor destaca que os computadores fazem basicamente uma coisa: matemática. Muito da vida pode ser traduzido em valores matemáticos: música (pressão do ar ao longo do tempo), vídeo (intensidades de vermelho, azul e verde) e xadrez (matriz representando posições das peças no tabuleiro) com capítulo exclusivo.

Automação: Solução ou Substituição?

Quem nunca ao conversar com um atendente por telefone se sentiu respondido por uma máquina devido ao protocolo impessoal seguido? Os chatbots vieram para substituir e as vezes até enganar o interlocutor se passando por humanos.

Uma gravação com empatia e interagindo no momento correto pode ser mais humano que alguém com respostas e perguntas inflexíveis? A automação roubará seus empregos? Mudanças que nos ajudarão a repensar nossas atividades diárias.

Na área de software é comum trabalharmos diretamente na resolução de problemas enquanto também criamos ferramentas para resolvê-los de forma automática. Então, estamos desenvolvendo algo que nos tirará o emprego?

Não. A verdade é que passamos a nos dedicar a problemas progressivamente mais difíceis, sutis e complexos que exigem mais raciocínio e avaliação. Ou seja, problemas que tornam o trabalho dos programadores mais humano.

“A inteligência artificial não deve ser vista como uma infeção nos empregos (a doença é a eficiência) mas como terapia removendo o que deixou de ser humano (repetitivo e ineficiente) restaurando as habilidades inerentes aos trabalhadores.”

"Sempre confiei mais num código do que nas pessoas." (WestWorld - HBO Brasil)

Espelho Humano e o Jogo da Imitação

A ficção científica através de filmes, séries (WestWorld) e literatura explora com propriedade a “programação” realizada por humanos para criar “máquinas” mais capazes que nós em tarefas específicas. Hoje, as programamos (machine) para tomarem decisões independentemente e aprenderem (learning) com seus erros.

Marcos da Inteligência Artificial - Infográfico WestWolrd HBO
Marcos da Inteligência Artificial (WestWorld HBO Brasil) – Clique para Ampliar

Alan Turing afirmou que “os computadores digitais se destinam a efetuar quaisquer operações que possam ser feitas por um computador humano.

Papeis invertidos ao longo das décadas e brilhantemente explorados nesse livro nos fazendo refletir sobre trabalho, hábitos, vida digital e o futuro da humanidade.

“Somos como a coisa que era como nós. Imitamos nossos ex-imitadores, uma das mais estranhas guinadas na longa saga da singularidade humana.”

Mais Sobre

Anúncios

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s